Uma reunião animal

Queimadas, enchentes, furacões 01
Aquecimento global
Caçadores, indústria
Provocam extinção animal
Pra revidar, sobreviver
Protestar, combater
Uma reunião animal
x
Bichos de toda espécie 02
Assim como fez Noé
Pássaro, cavalo, besouro
Rinoceronte, jacaré
Camelo, bode, baleia
Se brincar até sereia
Seguindo essa maré
x
Reclamações, desabafos 03
A natureza em pauta
Macaco bagunçado
A girafa é muito alta
Derruba sempre a parede
João-de-barro com sede
Arrumar pedaço que falta
x
Antes da reunião começar 04
Quase acontece briga
Desastrado elefante
Pisoteou formiga
Gritou louro curioso
É homicídio doloso
Só para dar intriga
x
Leão o Rei da selva 05
Botou ordem no lugar
Mostrou leopardo e pantera
Mandou bicharada acalmar
Fez desordem vira almoço
O urubu chupa o osso
Do pedaço que sobrar
x
Espero ter sido claro 06
Estamos entendidos
Enfatizou o felino
Todos serão ouvidos
Temos o dia inteiro
Quem será o primeiro
Considerações, pedidos
x
Ratos organizados 07
Movendo uma ação
Contra farmacêuticos
Pedindo indenização
Danos físicos, morais
Testes laboratoriais
Cobaias de medicação
x
Chega a vez do morcego 08
Que discursa um pouquinho
Dizendo por que voa
Não é passarinho
Drácula não é meu parente
Parem com essa gente
Me chamar de vampirinho
x
Cansado de virar produto 09
O boto cor-de-rosa
Sugeriu que acabassem
Com história mentirosa
Seu óleo é especial
Esse folclore afinal
Mata mais que aftosa
x
Nisso o boi deu 10
Aquele raivoso mugido
Prezado amigo boto
Deixe de ser metido
Golfinho de meia tigela
Merece ir pra panela
Mamífero convencido
x
Aproveitando discussão 11
Raposa apaga a luz
Poltronas das galinhas
Rapidamente se conduz
Pula, porém no bote
Leva surra de caçote
Peru, galo e avestruz
x
Querendo entrar em greve 12
Dona ovelha, Senhor Carneiro
Indignados com tosa
Feita por fazendeiro
Deixar animal pelado
Ser industrializado
Ainda dormir no celeiro
x
Ganso barulhento afirma 13
Assim não dá mais
Uso de suas penas
Travesseiros e carnavais
Escola de samba, fantasia
Pavão também dança na folia
Fornecendo a feriados anuais
x
Pombo-correio obsoleto 14
Tentando voltar à ativa
Queimadura e choque
De enguia e água-viva
Todo mundo insatisfeito
Punição, forma, jeito
Abaixo-assinado, comitiva
x
Acabou o que era doce 15
Aquele abraço, já era
Quem falou, tá falado
Bicho calado, na espera
A partir daqui
Cada um por si
Fera caçando fera

(Jonnata Henrique – Fábulas em Cordel)

Clique abaixo para ver mais trabalhos do autor:
perfil do Facebook
Recanto das Letras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s