Cativa

O desafio não é escrever isso ou aquilo
o desafio é viver o que se escreve
ou aquilo que quer ser escrito

há um desejo que pede
anseia
esperneia
exigindo registro

é desafio da vida
que busca a luz
a fenda
a réstia
a brecha de mim escondida

o braço se estica
mas não alcança a chave
que está lá

bem lá
presa no cinto do carcereiro

e a cada noite
o dia vira morte não escrita
aí fora
aqui dentro
no cativeiro da espera

Photo by Miguel Á. Padriñán from Pexels

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s