África

Terra ferida.
Sem garfo nem colher,
onde só a faca corta.
Onde vida
é palavra morta…
Homem, mulher,
pouco importa.
Onde se implora.
Se estende a mão.
Se morre em cada olhar.
Onde passa a hora
à espera de um pão
que talvez não vá chegar.
Terra de amargura.
Terra farta.
Terra dura.
Fome, guerra.
Ai, terra
onde tudo mata
menos a fatura!

(Carlitos, em Ecos de uma Paixão – Chiado Editora)

clique para comprar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s