Sua poesia

a garganta vibra
enquanto canta
tanto quanto encanta
entoa em bela melodia
o que pra muitos soa música
pra mim sua poesia

(Everton Medeiros)

Poema selecionado no XXVI Prêmio Moutonnée de Poesia.

Everton Medeiros é engenheiro e Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil. Iniciou na escrita no ano de 2000, com a elaboração de roteiro cinematográfico (gênero ficção científica) voltado ao mercado norte-americano. Em 2001, participou de diversos concursos desse gênero nos Estados Unidos, onde registrou seu primeiro roteiro de longa-metragem. Conta com diversas participações em antologias de poesia e prosa, no Brasil e em Portugal. Entre seus próximos projetos estão o lançamento de um livro de poesias e um romance de ficção científica.

Além da escrita, tem como hobby a fotografia e a astronomia, suas observações e seus registros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s